Tipos de Abdominoplastia

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Abdominoplastia: tipos

Para corrigir imperfeições na barriga, há várias técnicas, classificadas em graus de 1 a 5.

Grau 1: miniabdominoplastia

O grau 1 indica-se para pacientes que não tiveram filhos, têm pequena quantidade de gordura no abdômen superior, no inferior, nos flancos e no dorso e também pequena flacidez na região do púbis. Trata-se da miniabdomonoplastia, cirurgia com cicatriz pouco aparente, similar à de uma cesariana. Descola-se minimamente a pele na área do púbis e removem-se os excessos.

abdominoplastia-tipos

Grau 2: lipoabdominoplastia

O grau 2 sugere-se para quem teve filho e tem gordura, causada pela gestação, nos flancos, no abdômen superior e, especialmente, no inferior. Refere-se à lipoabdominoplastia, que acarreta pequena cicatriz e descolamento menor do abdômen ao tórax. Faz-se a plicatura dos músculos retoabdominais e retira-se a pele abaixo do umbigo, sem corte no entorno.

Grau 3: abdominoplastia convencional

O grau 3, recomendado para quem teve mais de um filho, tem gordura localizada nos flancos e flacidez moderada na região abdominal inferior, é a abdominoplastia convencional.

PUBLICIDADE


Grau 4: descolamento abdominal amplo

O grau 4 define-se por descolamento abdominal mais amplo, portanto não é aconselhável associá-la à lipoaspiração, que talvez se possa usar nos flancos para melhorar o contorno da silhueta, mas deve ser prescrita apenas para remover, abaixo do umbigo, pele em forma de avental.

Grau 5: abdomens em “avental”

O grau 5 determina-se para abdomens em avental: é a abdominoplastia em âncora, realizada normalmente após cirurgias de obesidade mórbida.

Pós-operatório

Como em qualquer procedimento cirúrgico, no pós-operatório, o repouso é essencial. Também se deve utilizar cinta de malha compressiva e fazer drenagem linfática, que reduz o inchaço. Atividades físicas a partir da terceira semana complementam o programa de perda de peso.

Artigo anteriorFio de Sutura: Para que Serve e Tipos
Próximo artigoExame Para Diagnosticar Apneia do Sono
CRM: 130475. Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2008). Residência médica em cirurgia plástica pelo Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (2014-2017). Residência médica em cirurgia geral pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2008-2010). Pós-graduação em reconstrução mamária pelo Hospital Pérola Byington (2017-2018). Pós-graduação em dermatocosmiatria pela faculdade de Medicina do ABC Paulista FMABC (2017-2018). Especialização em Oxigenoterapia Hiperárica pela Sociedade Brasileira de Medicina Hiperbárica (2016).