Técnicas de implante capilar

Implante capilar: técnicas

A FUE (Follicular Unit Extraction) é a extração individualizada dos folículos capilares. Do paciente que se submete a essa técnica, na maioria das vezes, rapa-se a área doadora com máquina 1 ou 2 para facilitar a retirada dessas unidades.

PUBLICIDADE


É um método bastante trabalhoso, artesanal e delicado, já que se removem os fios um a um, em torno de mil e quinhentos a dois mil por sessão, que dura em torno de quatro horas.

PUBLICIDADE
hairloss-blocker-recupera-88-cabelo

Depois da intervenção, ficam no local pequenas marcas (spots), imperceptíveis a olho nu. Dependendo do grau da calvície, pode ser necessário mais de uma sessão.

A FUT (Follicular Unit Transplantation), também conhecida como técnica em tira ou em faixa, é o método clássico de transplante capilar, que permite, em um único procedimento, colocação de cinco a nove mil fios, de acordo com a densidade capilar da área doadora.

Consiste na retirada da região doadora de uma tira de couro cabeludo com até 33 cm de comprimento, obedecendo-se à circunferência do crânio, e de 1,5 a 2 cm de largura, dependendo da elasticidade do couro cabeludo.

PUBLICIDADE


É possível mais de uma intervenção para complementar as sessões anteriores.

Transplante capilar com técnica FUE

O temor do corte na região da nuca pela FUT leva muitos pacientes a buscar a FUE, extração, um a um, dos folículos. Como essa retirada não é sequencial, os cabelos ao redor escondem as diminutas cicatrizes puntiformes ocasionadas pela técnica e, mesmo que o indivíduo rape a cabeça, essas marcas se disfarçam em meio aos cabelos restantes. Assim, apesar de considerado procedimento sem cicatriz, elas existem, porém não são aparentes.

Várias sessões

Na FUE, não se extrai grande quantidade de folículos em uma única sessão; só se obtém o resultado desejado com várias, que se podem realizar, como se quiser, em dias seguidos ou espaçados durante um mês ou um ano.

Utilização de pelos corporais

Outra vantagem da FUE é a possibilidade de se utilizarem pelos corporais, como da barba, do tronco ou de qualquer outra área.

Desvantagem

Um inconveniente da FUE é necessidade de, na maior parte dos casos, precisar rapar-se o cabelo antes do procedimento.

O resultado também é definitivo e a cirurgia faz-se sob sedação e anestesia local.