5 plantas medicinais para tratamento da psoríase

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Psoríase: tratamento com plantas medicinais

A psoríase é um problema de pele que a ciência não sabe exatamente a origem, se emocional, bacteriana ou imunológica. Porém, é uma doença que se manifesta em muitas pessoas e causa não somente problemas físicos (dor e coceira), mas também emocionais, pois provoca constrangimento, principalmente quando manifesta-se no rosto, no peito ou em áreas mais visíveis do corpo.

Existem plantas medicinais reconhecidas há décadas como eficientes no tratamento da psoríase e outras doenças de pele. Elas são fáceis de encontrar.

PUBLICIDADE
cursos sobre plantas medicinais cpt

Ipê-roxo

A casca do ipê-roxo, por conta das propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e outras, ajuda muito no tratamento da psoríase, e pode ser utilizado na forma de banhos, compressas, pomada ou óleo medicinal.

ipe-roxo

Erva-moura

A erva-moura, também chamada de “maria pretinha”, “pimenta de cachorro” ou “pimenta de galinha”, é uma planta cujas folhas têm importante capacidade de tratar a psoríase, na forma de cataplasmas e compressas. É possível esmagar as folhas da erva-moura, colocar sobre a área e cobrir com um pano com água quente. Se a pessoa tem várias áreas do corpo tomadas pela psoríase, precisará de grande quantidade dessa planta.

PUBLICIDADE


erva-moura-psoriase

Açafrão amarelo

O açafrão amarelo (cúrcuma), muitas vezes utilizado para temperar alimentos, é reconhecidamente eficiente para tratar a psoríase. É possível tomar o chá dele, e assim tratar a psoríase de dentro para fora, pode-se também ralar e espremer o açafrão, retirar o sumo e passar sobre as áreas afetadas, ou ainda utilizá-lo na forma de pomada.

acafrao-amarelo-psoriase

Folha da carambola

A carambola é uma fruta muito conhecida no Brasil, cujas folhas têm capacidade comprovada cientificamente no tratamento de doenças de pele, como a dermatite atópica e a psoríase. Para esta, não é necessário tomar o chá das folhas da carambola, mas utilizá-las topicamente. Pode-se utilizar o sumo ou o chá, na forma de banhos, das folhas da carambola. É possível, por exemplo, triturar as folhas, misturar com gel de babosa (que também tem efeito para a saúde da pele) e passá-lo nas áreas atingidas pela doença.

folha-da-carambola-psoriase

Samambaia-grande

A raiz da samambaia-grande ou samambaia do amazonas (que não deve ser confundida com a samambaia de metro, samambaia paulistinha, samambaia-açu ou qualquer outra samambaia) é uma planta que nasce no Brasil todo, escalando árvores, nascendo em cantos ou bordas de mata.

samambaia-grande-psoriase

Não se utilizam as folhas ou os talos da samambaia-grande, mas o rizoma, parte mais peluda. A samambaia-grande também é chamada de “rabo-de-caxinguelê” por conta desses pelos, que são os tricomas em seu rizoma. Quando eles são raspados, ela mostra uma textura esbranquiçada, parecida com a do nabo. Essa estrutura suculenta e esbranquiçada é o rizoma da samambaia-grande.

Existem pesquisas que demonstram a eficiência desse rizoma no tratamento da psoríase. É possível ralar, espremer e tirar o sumo, ou mesmo fazer chá e usar na forma de compressas, fazer o banho das áreas ou, se possível, produzir uma pomada ou um óleo medicinal para incluir no tratamento.

É possível incluir uma, duas, três ou mesmo as cinco plantas indicadas no tratamento para a psoríase. Não importa que planta a pessoa escolha, deve sempre fazer uso do chá de açafrão para tratar a psoríase, pois isso potencializa o tratamento.

PUBLICIDADE