Pitangatuba

 Características da pitangatuba

A pitangatuba, embora seja nativa do Brasil, é uma planta pouco difundida. Ela ocorre principalmente na mata atlântica, pois gosta de lugares um pouco mais úmidos.

PUBLICIDADE


É uma ótima opção para pessoas que têm pouco espaço, pois é uma planta excelente para vasos.

Uma muda pequena, de 30cm e dois anos de idade, já produz frutas.

É uma planta muito melífera, que atrai e é benéfica para as abelhas.

Como plantar a pitangatuba em vaso

Para não deixar faltar umidade para a planta, pode-se formular um substrato que tenha a capacidade de se manter úmido por mais tempo. Para isso, na formulação, use duas partes de terra argilosa, uma parte de substrato (à base de casca de pinos, facilmente encontrado em qualquer casa do ramo), uma parte de esterco de curral bem curtido e meia parte de vermiculita. A vermiculita tem uma enorme capacidade de retenção de água, deixando o substrato semelhante à terra de brejo, sempre úmido, como a pitangatuba prefere.

PUBLICIDADE


O vaso não precisa ser grande. Um vaso de 5 litros, para uma muda jovem, é excelente.

Para manter a terra úmida, não se deve utilizar nenhum material drenante no fundo do vaso. Pessoas que moram em apartamento ou têm o quintal cimentado podem colocar uma manta de bidim ou qualquer pedaço de pano (como guardanapos ou panos de prato) no fundo do vaso (entre o vaso e a terra) para evitar que a água escorra e suje o ambiente.

Coloque uma camada do substrato preparado no vaso e verifique a altura da muda. Corte o saquinho da muda e retire-a com cuidado para não danificar as raízes. Se as raízes não estiverem enoveladas, não é necessário fazer nenhuma poda nelas. Em mudas mais velhas, com as raízes já enoveladas, recomenda-se fazer uma poda nas raízes (e uma poda foliar, na mesma proporção, para a planta não sofrer muito).

Coloque a muda no vaso, tentando centralizá-la bem, e complete com o substrato preparado. Bata levemente o vaso para assentar a terra. Porém, não se deve bater muito ou “socar” a terra, para mantê-la bem fofa e fácil para as raízes se desenvolverem. Consequentemente, a parte aérea da planta também vai se desenvolve melhor.

Mesmo plantada no chão, a pitangatuba se mantém uma planta compacta e pequena. É um arbusto de pequeno porte. A pitangatuba é uma fruta muito suculenta e saborosa.

Artigo anteriorPlantas enxertadas
Próximo artigoMacieira
Graduação em Nutrição pela Universidade São Judas Tadeus (2007-2010). Pós-graduação em Nutrição Clínica pela Universidade Nove de Julho (2013-2014). Pós-graduação em Prescrição de Fitoterapia e Suplementação Esportiva e Clínica pela Universidade Estácio de Sá (2015-2016). Nutricionista Clínica da empresa Assiped (2016-2017). Nutricionista Clínica da empresa Cefron (2015-2018).