Pimenta emagrece?

Benefícios do consumo de pimenta

A pimenta é um condimento que muitas pessoas gostam, mas não têm o hábito de consumir. No Nordeste do Brasil, as pessoas têm mais hábito de consumir pimenta, o que é muito bom.

PUBLICIDADE


Existe uma grande variedade de pimentas. Algumas são muito fortes, e a pessoa precisa ter uma tolerância e desenvolver um hábito de consumo para apreciá-las. A maioria delas têm uma ardência suportável e pode ser incluída na dieta, pois são muitos os benefícios da saúde.

Um dos benefícios da pimenta é a alta capacidade termogênica, ou seja, ela tem a capacidade de fazer o corpo queimar mais calorias.

Há pouco tempo, saiu uma pesquisa dizendo que a pimenta ajuda a diminuir o apetite. Nessa pesquisa, as pessoas que adicionam pimenta na entrada (a refeição antes do prato principal) conseguiam consumir até 190 calorias a menos na refeição principal, uma quantidade muito significativa (quase 10% de uma dieta de 2000 calorias).

Quem quer introduzir a pimenta na alimentação, mas tem dificuldade por causa da ardência, pode seguir algumas dicas.

PUBLICIDADE


A primeira garfada é sempre a pior. É quando a pessoa tosse e engasga, pois é a que ela mais sente a ardência da pimenta. Conforme a pessoa consome pimenta de forma regular, ao longo dos dias e semanas, ela consegue desenvolver uma tolerância maior a essa ardência e fica menos difícil de consumir.

Pimentas industrializadas

Deve-se tomar cuidado com molhos de pimenta industrializados, pois muitos deles têm uma quantidade muito grande de sódio e glutamato monossódico. Alguns molhos industrializados têm, em uma colher de sopa, quase 40% das necessidades diárias de sódio. Assim, consumir muito desses molhos vai fazer a pessoa se sentir inchada. Consumindo diariamente, no almoço e no jantar, haverá um impacto no inchaço, e vai parecer que a pessoa engordou.

Receita de molho de pimenta

Uma dica para consumir a pimenta é pegar um pouco de azeite, picar pimenta malagueta e adicionar rodelas de cebola bem finas.