Pele com acne

 

Aparecimento da acne

Ninguém gosta de acordar, olhar no espelho e ver que está com uma espinha. Às vezes a pessoa já está na fase adulta e de repente começam a surgir espinhas.

PUBLICIDADE


Existe um fator genético importante na acne. Na adolescência, os hormônios estão à flor da pele. A alimentação é muito importante também na produção de hormônios e depois nas consequências da doença.

Depois que a pessoa já tem a cicatriz, o tratamento é diferente.

Alimentos inflamatórios que provocam acne

Hoje em dia os adolescentes estão comendo muito mal, comendo alimentos muito inflamatórios que acabam piorando a acne. Existem alimentos pró-inflamatórios, que pioram a acne, e anti-inflamatórios, que melhoram. O tratamento e a prevenção da acne não são feitos somente com elementos cosméticos. Os elementos cosméticos são muito importantes, e muitas vezes é necessário inclusive utilizar medicação via oral. É importante que os pais fiquem atentos e valorizem as queixas dos filhos. Muitas vezes o adolescente tem uma queixa de acne e os pais acreditam que irá passar, que é uma fase, mas essa pessoa depois terá uma cicatriz que pode inclusive afetar o seu emocional, a sua autoestima.

No caso de uma acne tardia, de uma mulher adulta, a alimentação também é importante, pois o caso também é hormonal. Hoje em dia a alimentação não é só moda, é uma necessidade, não só durante o tratamento de acne – a pessoa deve se acostumar a comer bons alimentos e fazer disso o seu dia-a-dia.

PUBLICIDADE


Alimentos como cereais refinados (carboidrato refinado), alimentos ricos em ômega 6 e as carnes gordas (suínas e bovinas) são os principais alimentos pró-inflamatórios, assim como leite e derivados integrais (principalmente queijos gordos) e trigo branco. Normalmente, quanto mais amarelo é o queijo, mais gordo ele é, e acaba estimulando várias reações – uma delas o aumento da insulina no corpo (pois tem uma carga glicêmica muito alta).

A farinha branca, embutidos (como salsicha e salaminho), corantes e conservantes, também são pró-inflamatórios.

Todas as frituras não são boas, portanto deve-se tomar muito cuidado.

O material das panelas, como o alumínio e o teflon, também libera substâncias que podem prejudicar a saúde – mesmo o antiaderente que, com o passar do tempo, vai se soltando e sendo ingerido pela pessoa.

No caso dos alimentos enlatados, um peixe fresco dura 1 ou 2 dias na geladeira, mas enlatado dura 6 meses, até 1 ano, o que não é natural e acontece porque ali existem conservantes – é necessário, mas tem o seu lado ruim, agredindo não só a pele como todo o resto do corpo, causando inflamações. Hoje em dia, acredita-se que esse tipo de inflamação atinja a parte intestinal que, estando inflamada, reflete na pele. A pele nada mais é do que um reflexo do organismo por dentro, é a maneira do corpo mostrar para o mundo se está bem ou mal.

Ao aparecer um pouco de acne, deve-se ter cuidado, pois tem algo errado.

Alimentos anti-inflamatórios que previnem a acne

Alguns alimentos anti-inflamatórios são os peixes de água fria, legumes e verduras, oleaginosas (como castanha e amêndoa), chás de ervas, frutas, azeite de oliva extra virgem, óleo de abacate, óleo de semente de abóbora, gengibre, cúrcuma, pimenta vermelha, crucíferas, vitamina C e tomate. Esses alimentos têm uma ação antioxidante no corpo, e influenciam não só na pele.

Comendo esse tipo de alimento e evitando frituras, farinha branca, refrigerantes e bebida alcoólica, a pessoa irá perder peso. O peso excessivo também piora a acne.

Cuidados para tratar a acne

Um tratamento de acne envolve toda uma situação nova da pessoa, com bons hábitos alimentares, exercícios físicos, bons hábitos de sono, cuidados com a pele (como não dormir com maquiagem e manter uma limpeza), etc.

A limpeza da pele é essencial. Ao dormir com maquiagem, a pessoa está entupindo os poros, impedindo a pele de respirar. A própria maquiagem muitas vezes tem resíduos de alumínio e de chumbo, e está em contato com o rosto da pessoa.

Além de usar o demaquilante, deve-se lavar e hidratar a pele, cuidados que são necessários. Quem tem acne deve ter uma higiene especial, evitando a complicação que é a cicatriz.

Métodos para disfarçar a acne

A pele oleosa tem uma tendência maior a desenvolver a acne. Quando aparece uma acne indesejada, as pessoas tentam disfarçar com a maquiagem, mas em uma festa ou evento do tipo ela pode comprometer.

Não existe tratamento imediato para acne. Existem alguns truques que podem ser realizados em consultório, como a luz intensa pulsada, um aparelho que pode ser utilizado como anti-inflamatório. Não é um tratamento, mas a pele é esterilizada e nos próximos 4 ou 5 dias a pessoa terá uma melhora.

Também existem peelings superficiais, como peeling de ácido salicílico, que qualquer médico que trabalha com isso sabe utilizar, que também dão uma secada rápida. Não é um tratamento, mas para uma emergência, como uma festa, funciona bem.

Tratamentos eficazes contra a acne

Hoje em dia existem comprimidos como a isotretinoína oral. Os médicos esperam que, com a sua introdução no mercado, as pessoas que vão ficando adultas tenham menos consequências da acne. A isotretinoína oral é muito eficaz, mas requer cuidados, pois não é para qualquer pessoa e não pode ser usada de qualquer forma. Existem dosagens corretas e é necessário um controle médico rigoroso.

As pessoas têm muito receio de usar a isotretinoína pois existe um mito muito grande sobre ela. Se uma adolescente estiver tomando o comprimido e engravidar, ela terá uma má formação fetal. É um remédio muito interessante, pois é um dos poucos que realmente dão um tratamento eficaz, porém é necessária muita responsabilidade. A fase da adolescência é um momento seguro para utilização, porém complicado. Durante o uso o paciente não pode ingerir bebida alcoólica.

Essa medicação, assim como tantas outras de uso contínuo, pode atacar o fígado – é uma das chamadas medicações hepatotóxicas, por isso deve-se tomar cuidado. Porém, as pessoas têm mais medo do que realmente é preciso. Desde que o uso seja controlado, que sejam feitos exames e haja acompanhamento, normalmente a pessoa não terá problema. É nessa hora que deve-se evitar as consequências, pois depois que já se tem a consequência, que é a cicatriz, existem inúmeros tratamentos, mas nenhum deles voltará a pele ao normal, como era antes.

Minimizando o inchaço das espinhas

Para qualquer processo inflamatório, como inchaço das espinhas na região da boca ou mesmo acordar com os olhos inchados, deve-se fazer uma compressa gelada com, por exemplo, camomila, gelo ou água gelada, que irá aliviar. O gelo pode ser utilizado para diminuir e aliviar qualquer inchaço. Deve-se evitar usar coisas quentes ou utilizar ácido sobre a região, pois irá piorar.

Deve-se tomar muito cuidado, pois às vezes a pessoa está com uma espinha, que é uma lesão, e a vizinha ensina alguma coisa, a pessoa coloca em cima e aquilo é mais irritante ainda, piorando muito, deixando marcas ou fazendo uma infecção secundária.

Cicatrizes de acne

Não se deve espremer as espinhas. A maior causa de cicatrizes de acne é a falta de cuidados. Muitas vezes as pessoas têm medo de usar as medicações, não tem o cuidado ou muitas vezes os pais não valorizam as queixas.

A cicatriz de acne é considerada uma das coisas mais difíceis de serem tratadas em estética, porque não existe um único tratamento eficaz, mas uma mistura de tratamentos que dependem muito do tipo de cicatriz que a pessoa tem. Existem diversos tipos de cicatrizes, desde aquelas mais leves, em que se vê apenas uma ondulação no rosto, até um queloide, que é uma cicatrização que cresceu demais, como também aquelas em que ficam pequenos furos mais profundos que parecem poros abertos. Cada tipo de cicatriz tem a indicação de um tratamento.

Tratamentos para cicatrizes de acne

O tratamento da cicatriz de acne tem várias fases, e normalmente é um tratamento prolongado, que às vezes leva anos. É um tratamento muito individualizado, pois depende da cicatriz e de como o paciente está respondendo.

Tratamento com dermoabrasor

O dermoabrasor é um aparelho muito antigo e conhecido, mas que ficou em desuso. É um aparelho de alta rotação com uma ponteira diamantada, grossa. Os primeiros tratamentos de rejuvenescimento, há muitos anos, eram feitos com dermoabrasor. Com ele, lixa-se todo o rosto todo, o que deve ser feito sob anestesia geral.

Para as cicatrizes de acne mais agressivas, que já têm uma fibrose ou aquelas que já têm uma ponte (uma cicatrização que vai juntando uma na outra e forma uma linha) é possível utilizar o aparelho dermoabrasor. A função dele é uniformizar a pele, melhorando a cicatriz. É um aparelho muito eficiente.

Antigamente se utilizava lixa d’água (lixa de parede) esterilizada, e muita gente utiliza até hoje. Quando surgiram os lasers, há mais ou menos 20 anos, o dermoabrasor ficou em desuso. Com o passar do tempo, acabada a febre do laser (que também tem a sua indicação), o dermoabrasor voltou a ser utilizado com uma eficiência muito grande – não só em cicatrizes de acne, mas também em códigos de barra de lábio para quem fuma.

Tratamento com microagulhamento

O microagulhamento é um tratamento mais recente, eficiente para cicatrizes de acne mais superficiais. São várias agulhas de vários tamanhos, desde 0,5mm podendo chegar até 3mm, dependendo da indicação (de acordo com a cicatriz que se deseja tratar).

A região a ser tratada é anestesiada e o microagulhamento é passado várias vezes, fazendo pequenos furos. Sobre esses furos é feito o “drug delivery”, a colocação de algum fator que irá penetrar na pele. O microagulhamento funciona como um caminho para o produto que se deseja utilizar, mas o próprio microagulhamento já tem a sua ação. O microagulhamento pode ser feito no rosto e também no pescoço, inclusive para rejuvenescimento.

Se é uma acne, é utilizado um determinado produto no pós, se é um rejuvenescimento, é utilizado outro produto. Normalmente são de 3 até 6 sessões, uma a cada três semanas ou uma vez ao mês.

Tratamento com punch

O punch tem uma ponta bem cortante, como a ponta de um bisturi, e tem vários tamanhos. Ele serve tanto para fazer uma biópsia, quando é necessária, ou no caso de uma cicatriz parecida com a de catapora, de varicela, que é bem delimitada e forma uma pequena bola. Muitas vezes a pessoa não tem cicatrizes no rosto todo, somente essa. Então, utiliza-se o punch com o tamanho de acordo com o tamanho da cicatriz e penetra-se na pele, com a região anestesiada, cortando aquela cicatriz e trazendo-a para a superfície. É um procedimento muito tranquilo de ser feito e que traz muito resultado, pois a cicatriz, que estava atrófica, é trazida para cima, nivelando a pele. As chances da cicatriz ficar mais lisa são enormes.

Tratamento com preenchedores

Os preenchedores têm uma proposta de rejuvenescimento e têm muitas indicações, também para cicatrizes de acne. As cicatrizes parecidas as de catapora, mas não tão fundas, que têm a pele um pouco mole (chamadas de distensíveis, que abrem ao serem puxadas), também se igualam ao serem preenchidas e trazidas para a superfície. Muitas vezes consegue-se tratar uma cicatriz mais leve e superficial com um preenchedor.

Uso de óleos para desinflamar espinhas

Não existe nenhuma comprovação de que óleo de mamona ou óleo de rícino ajudem a desinflamar as espinhas.

O óleo de coco é anti-aging, pois melhora radicais livres e melhora também a inflamação da pele. Mesmo que a pessoa tenha a pele oleosa, pode hidratar a pele com um pouco de óleo de coco, o custo-benefício ainda é válido.

Uso de hidratante na pele acneica

As pessoas acham que quem tem pele acneica não precisa usar hidratante, o que é mito. A pele acneica tem deficiência de um óleo que a protegeria de não ter tanta acne. Só um dermatologista consegue identificar o hidratante ideal para a pele do paciente. Se a pessoa tem pele oleosa, ela não precisa de um hidratante que tenha muitos componentes oleosos.

Às vezes o paciente usa hidratantes caros, de boas marcas, mas nenhum serve para peles acneicas, e acabam dando acne. Existem várias formas de hidratar a pele.

Às vezes a pessoa tem alergia a alguns componentes de hidratantes ou de protetores solares, o poro entope e começa a acne. A pessoa deve buscar o produto certo para sua pele, não existe um que sirva para todos.

Há relatos de uma pessoa de 29 anos cuja pele sempre foi muito seca. Ela usava muito hidratante para tentar solucionar o problema. Porém, sua pele passou a ser oleosa e com muitas espinhas. Nesses casos, pode estar acontecendo o hiperandrogenismo, uma alteração dos hormônios, em que a pele fica mais oleosa, às vezes a pessoa tem até oleosidade no couro cabeludo, começam a aparecer mais acnes, a pessoa começa a ter queda de cabelo (ou não). Essas alterações indicam a possibilidade de uma alteração hormonal.

Artigo anteriorO que é acne?
Próximo artigoManga ubá: benefícios e como consumi-la
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).