Magnésio e hipertensão arterial

Causas da hipertensão

Para a maioria dos adultos, a hipertensão arterial não tem uma causa bem definida, sendo chamada de hipertensão essencial. A causa é genética: se pai, mãe ou avós são hipertensos, a pessoa tem maior risco de ser hipertensa, ainda mais se estiver acima do peso, estressada, dormindo mal, comendo muito sal, não fazer exercícios físicos e não tiver uma alimentação balanceada, com muitas frutas, verduras e fibras.

PUBLICIDADE


Existe a hipertensão secundária, aquela que tem uma causa bem definida. Ela é a causadora de cerca de 3 a 5% das hipertensões – portanto, de cada 100 pessoas hipertensas, no máximo 5 terão causa bem definida. Algumas causas são apneia do sono, problemas renais, problemas de tireoide, drogas lícitas e ilícitas, alguns tipos de tumores e estenose de artéria renal.

Importância do magnésio

O magnésio é um mineral que o corpo necessita. Uma carência de magnésio pode levar à fraqueza muscular, irritabilidade e arritmias cardíacas. As melhores fontes de magnésio são folhas verdes, castanhas, ervilhas, feijões e brotos.

A ingestão de um adulto deve variar de 270 a 400mg de magnésio ao dia , e isso pode vir somente da dieta. Os suplementos de magnésio devem ser usados somente para aqueles indivíduos que têm deficiência de magnésio. Apesar da dieta suprir a necessidade da maioria dos indivíduos, algumas pessoas podem requerer mais magnésio devido a alguma doença ou a perdas excessivas.

Magnésio e pressão alta

Um estudo publicado na revista Hypertension, em 2016, demonstrou que indivíduos que recebiam em média 368mg de magnésio por dia, após 3 meses, tiveram uma redução de em média 2mm de mercúrio na pressão arterial, uma quantidade bastante insignificante.

PUBLICIDADE


Se a pressão arterial sistólica de uma pessoa estiver 16, ou seja, 160mm de mercúrio, o suplemento de magnésio irá baixa-la para 158mm de mercúrio – portanto, ela continuará alta.

O magnésio não cura a pressão alta. O magnésio não deve ser prescrito indiscriminadamente pois existem casos mais crônicos em que o excesso de magnésio pode fazer mal.

Para reduzir a pressão alta, é importante perder peso, reduzir o sal na dieta (não adianta usar o sal do Himalaia), fazer exercícios físicos e a dieta dash (uma dieta que baixa a pressão de forma significativa).

Se o médico prescreveu um anti-hipertensivo, a pessoa deve tomar o remédio corretamente. A hipertensão é uma doença séria e silenciosa, é a principal causa de derrames e uma das principais causas de infartos.