Losna: benefícios e como usá-la

Losna: características

A losna (Artemisia absinthium) é uma planta da família da artemísia, bastante conhecida, que tem folhas esbranquiçadas (um pouco parecidas com as da salsinha). É extremamente amarga, um pouco picante, e em excesso pode causar vômitos, dores de estômago, dores intestinais e dores de cabeça.

PUBLICIDADE


As plantas medicinais devem ser usadas com parcimônia para não ter problemas. Para preparar o chá, utilize uma colher de sobremesa das folhas dela picadas para uma xícara de água, não mais que isso. Essa é a medida padrão para qualquer chá.

Na Europa, durante muitos séculos a losna foi utilizada para produzir uma bebida chamada absinto – um licor estimulante que, como despertava a libido, normalmente era consumido em festas orgiásticas. O absinto foi proibido e as ervas que eram utilizadas foram substituídas, mas hoje em dia ele ainda é produzido artesanalmente.

PUBLICIDADE
cursos sobre plantas medicinais cpt

Plantando losna

A losna pode ser plantada facilmente por estaquia. Para isso, pegue um galho de losna, amarre a uma pequena estaca e enfie 10cm no chão, em uma terra úmida e bem nutritiva. Em pouco tempo, a pessoa terá um grande pé de losna.

Benefícios da losna

Sistema digestivo

A losna estimula a digestão. Ela aumenta a produção de saliva na boca, de suco gástrico, de sucos pancreáticos e dos sucos da vesícula biliar, além de melhorar o funcionamento do fígado e do intestino. Os movimentos peristálticos do intestino, que vão empurrando o bolo fecal, funcionam melhor quando a pessoa toma losna.

PUBLICIDADE


Ela é uma ativadora de todo o sistema digestivo, e é muito útil para pessoas que têm prisão de ventre, vesícula preguiçosa, dificuldades de digestão, doenças do fígado, que não dissolvem gorduras direito ou que têm dificuldade de apetite.

Ação vermífuga

A losna tem atividade vermífuga e pode ser utilizada contra vermes intestinais, seja em adultos ou crianças. É mais difícil fazer crianças tomarem losna, pois o sumo e o chá dela são bem amargos.

Ação antimalárica

Da mesma forma que a artemísia, um dos remédios mais utilizados contra a malária, a losna também tem efeitos contra a malária e, na ausência da artemísia, pode ser utilizada em regiões endêmicas dessa doença.

Ação analgésica e antitérmica

A losna combate febres, e é indicada para pessoas que estão com inflamações (que normalmente trazem dor e febre).

Ela é analgésica, principalmente para dores de cabeça.

Proteção do sistema nervoso

A losna tem uma ação protetora do sistema nervoso e do cérebro. Ela protege o cérebro contra, por exemplo, o AVC, que tem sido cada vez mais comum (inclusive em pessoas cada vez mais jovens).

Em cobaias (ratos de laboratório) induzidas ao AVC, aquelas que consumiram a losna não tiveram o AVC ou tiveram um AVC muito mais leve do que aqueles que não consumiram.

PUBLICIDADE