Implante capilar e foliculite

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Foliculite e implante capilar

De 10% a 15% dos pacientes têm folicute depois do transplante capilar – longa cirurgia em que milhares de fios são transferidos de uma parte à outra da cabeça do paciente.

hairloss-blocker-recupera-88-cabelo

Primeiro o cabelo implantado cai, o que vem a seguir nasce mais crespo e por isso tem maior tendência a encravar e gerar foliculite. Quando isso ocorre, o médico faz uma drenagem e prescreve antibióticos para amenizar a infecção. Além disso, há um aumento da oleosidade pelas glândulas sebáceas que acompanham o folículo piloso, que é a raiz do cabelo, assim há mais chances de caspa.

Remédios para Queda de Cabelo: Ranking do Consumidor

 PRODUTONOTA MÉDIAVOTOSREVIEW
#1HairLoss Blocker8,91/10581btn-saiba-mais
#2Minoxidil7,74/101023btn-saiba-mais
#3Finasterida7,25/101084btn-saiba-mais

Para folicutes menos graves, isoladas, a recomendação é uma pomada, e como rotina de prevenção, o uso de um shampoo específico e um esfoliante, este normalmente utilizado três vezes por semana, 15 minutos antes do banho. Também deve-se ter muito cuidado ao pentear o cabelo, já que esbarrar o pente numa espinha pode ocasionar bastante dor.

Artigo anteriorImplante capilar fio longo
Próximo artigoImplante capilar: idade mínima
CRM: 130475. Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2008). Residência médica em cirurgia plástica pelo Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (2014-2017). Residência médica em cirurgia geral pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2008-2010). Pós-graduação em reconstrução mamária pelo Hospital Pérola Byington (2017-2018). Pós-graduação em dermatocosmiatria pela faculdade de Medicina do ABC Paulista FMABC (2017-2018). Especialização em Oxigenoterapia Hiperárica pela Sociedade Brasileira de Medicina Hiperbárica (2016).