Hormônios e queda de cabelo

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Queda de cabelo por hormônio

Andrógenos são hormônios masculinos (como a di-hidrotestosterona), eles circulam nos organismos dos calvos e dos não calvos, porém, os primeiros têm um receptor na raiz capilar, como se fosse uma porta aberta, e o hormônio quando circula no sangue tem capacidade de penetrar nesse receptor e consequentemente no núcleo da célula, isso gera a liberação de várias informações nessa região, de neurotransmissores, e estão vão dar um sinal no ciclo do cabelo de que ele deve ser interrompido, ou seja, a fase anágena vai ser menor, e vai dar início à catágena, que é uma fase em que o cabelo se desprende da raiz e começa a subir através da pele, e vai entrar na fase telógena.

hairloss-blocker-recupera-88-cabelo

Andrógenos estão comprovadamente relacionados à queda de cabelo. Por isso tome cuidado com esteroides anabolizantes. Se você toma hormônio masculino, e você tem tendência à calvície, questione o seu médico informando que aquele tratamento pode agravar a calvície.

Artigo anteriorPor que o cabelo cai e a barba não?
Próximo artigoQual o melhor tratamento para calvície?
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).