Dutasterida ou finasterida?

Atualizado em:

PUBLICIDADE


A DHT (di-hidrotestosterona) é o grande vilão da calvície, e faz com que o fio de cabelo, grosso e forte, fique fino e fraco, até que em determinado momento o óstio capilar se fecha, e o fio morre. Nesse caso, a única solução é o transplante capilar.

hairloss-blocker-recupera-88-cabelo

Nos Estados Unidos, estão sendo feito estudos para liberação por parte do FDA (Food and Drug Administration) da dutasterida.

Remédios para Queda de Cabelo: Ranking do Consumidor

 PRODUTONOTA MÉDIAVOTOSREVIEW
#1HairLoss Blocker8,91/10581btn-saiba-mais
#2Minoxidil7,74/101023btn-saiba-mais
#3Finasterida7,25/101084btn-saiba-mais

A finasterida bloqueia especificamente a enzima 5 alfa-redutase tipo 2, já a dutasterida bloqueia os tipos 1 e 2, portanto, é mais potente.

De acordo com alguns estudos, a finasterida bloqueia cerca de 70% da produção de DHT pelo organismo, e a dutasterida 96,5%. Ela é utilizada para problemas prostáticos e também para os cabelos.

PUBLICIDADE


Em um estudo que durou 6 meses, a dutasterida foi eficaz para amenizar a alopecia androgenética, e não redundou em efeitos colaterais. Assim, no futuro, ela pode ser uma opção viável para o tratamento da queda de cabelo.

Alguns estudos combinam a finasterida com a dutasterida, e mostram bons resultados.

Todas essas medicações influem no metabolismo hepático, assim, é importante que o fígado não tenha nenhum problema ao utilizá-las, portanto, não administre-as por conta própria.

Artigo anteriorDrug delivery capilar
Próximo artigoDúvidas respondidas sobre a finasterida
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).