Dores no peito

Dores no peito

Dor no peito é uma queixa muito comum nos consultórios e no pronto-atendimento. As dores de duração prolongada, que às vezes são reprodutíveis à palpação, que acontecem quando a pessoa respira profundamente e que podem ser bem localizadas, ou aquelas dores de duração muito curta, que duram segundos ou minutos, normalmente não têm uma causa cardiológica.

PUBLICIDADE


Por outro lado, as dores de forte intensidade, que começam rapidamente, são progressivas e acompanhadas de sintomas autonômicos como sudorese (suor frio), palidez, náuseas ou outros sintomas como palpitações e falta de ar, podem indicar condições graves, como o infarto, a embolia pulmonar e a dissecção aórtica.

A identificação rápida da dor no peito é extremamente importante. Quando a pessoa apresentar algum dos sintomas sugestivos de doença cardiovascular, é importante procurar um pronto-atendimento cardiológico que tenha um profissional qualificado para fazer esse atendimento.

A realização do eletrocardiograma, do raio-x de tórax, e a avaliação de um cardiologista especializado normalmente são suficientes para determinar a causa da dor. Eventualmente, podem ser solicitados exames mais completos, como uma tomografia de tórax, um cateterismo e ainda uma internação para investigação mais aprofundada.

Incidência e riscos da hipertensão

No dia 26 de abril, de acordo com o calendário da Organização Mundial de Saúde, comemora-se o dia nacional de prevenção e combate à hipertensão.

PUBLICIDADE


A hipertensão é um grave problema de saúde pública no Brasil. Cerca de 1 em cada 4 pessoas adultas são hipertensas, e dessas, menos da metade tem o diagnóstico firmado.

Em relação a pessoas que estão realizando tratamento e controle adequado da pressão, essa estatística é muito mais assustadora.

A pressão alta é uma das principais causas de infarto, derrame e outras doenças crônicas, como a cegueira e a insuficiência renal. Por isso, é importante realizar um diagnóstico adequado e um tratamento eficaz.

Artigo anteriorDipirona e hipertensão arterial
Próximo artigoHipertensão
CRM: 158921. Graduação em Medicina pela Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (2012). Residência em Clínica Médica pelo Hospital Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (2013-2015). Residência em Gastroenterologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2015-2017). Estágio na Unidade de Gastroenterologia do Hospital Clínic Barcelona (2017). Professora visitante da disciplina de Gastroenterologia da Universidade de Araraquara.