Doenças do fio de cabelo

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Doenças da haste capilar

Tricose é o nome genérico dado para alterações no fio de cabelo, podendo haver de vários tipos.

A tricorrexe nodosa provoca o surgimento de nódulos, como gomos, na fibra capilar, onde o cabelo se parte.

A tricoptilose caracteriza as famosas pontas duplas do cabelo, e a triconodose os nós no cabelo.

Tricotilomania é um distúrbio psicológico em que a pessoa arranca os próprios cabelos, podendo gerar áreas calvas no couro cabeludo.

PUBLICIDADE


Pili torti é o nome de uma doença congênita, em que o pelo nasce torto, muitas vezes, em espiral, torcido em si próprio.

O cabelo tem certa resistência e, quando excedida, a haste dele quebra. Com isso, tem-se diminuição do volume capilar.

Artigo anteriorDiagnóstico da queda de cabelo
Próximo artigoDoenças que causam queda de cabelo
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).