Dicas para usar minoxidil

Atualizado em:

PUBLICIDADE


5 dicas no uso do minoxidil

1) Nunca use minoxidil com o cabelo molhado

Utilize-o sempre com cabelo seco, se ele estiver muito oleoso e for lavado, aguarde-o secar.

hairloss-blocker-recupera-88-cabelo

2) Sempre lave as mãos após usar minoxidil

Faça isso pois eventualmente pode se tocar a mão (contendo resquícios do produto) no rosto.

Remédios para Queda de Cabelo: Ranking do Consumidor

 PRODUTONOTA MÉDIAVOTOSREVIEW
#1HairLoss Blocker8,91/10581btn-saiba-mais
#2Minoxidil7,74/101023btn-saiba-mais
#3Finasterida7,25/101084btn-saiba-mais

3) Minoxidil com base com tricosol

O minoxidil resseca o cabelo. Quando comprado em farmácias, ele pode ter vários nomes comerciais. Se comprar a versão manipulada, opte pela com minoxidil base, que nada mais é do que a com princípio ativo muito concentrado. Algumass farmácias adicionam tricosol na composição, o que evita o ressecamento do cabelo e ajuda a hidratá-lo.

4) Use quantidades adequadas de minoxidil e apenas nas áreas que precisam dele

Não ensope o cabelo com minoxidil no anseio de ter melhores resultados, utilize-o apenas em quantidades adequadas e nas áreas em que ele se faz necessário e. Não deixe-o escorrer pela testa e pelo rosto.

PUBLICIDADE


5) Nunca pare de usar minoxidil

Muitos interrompem o tratamento com minoxidil quando ele provoca queda de cabelo – o chamado shedding hair –, porém, a maioria desses cabelos iria cair de qualquer forma, o minoxidil somente acelera a queda deles, para novos nascerem fortes e saudáveis.

Se parar de utilizá-lo e tiver alopecia androgenética, quando reiniciar a administração dele irá ocorrer novamente o shedding hair. Quem tem predisposição à calvície tem que usá-lo permanentemente.

Artigo anteriorDicas para evitar queda de cabelo
Próximo artigoDrug delivery capilar
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).