Dicas para combater a insonia

Causas da insônia

Vários estudos mostram que mais de 60% da população tem alguma queixa para dormir, além disso, 20% tem insônia.

PUBLICIDADE


O sono é extremamente importante para a consolidação da memória, para recuperar as energias do organismo, para um melhor funcionamento do sistema imunológico e também para o humor. Pesquisas mostram que dormir bem prolonga a vida de 3 até 8 anos.

Muitas condições do dia a dia – tanto físicas quanto neurológicas – podem causar alterações no sono, como problemas de nutrição, doenças da tireoide, estresse, preocupações excessivas, ansiedade, imperatividade ou desatenção.

Dicas para melhorar o sono

Existem dicas baseadas em terapias cognitivo-comportamentais que ajudam a dormir melhor.

Uma delas é deixar o ambiente de repouso o mais escuro possível, e, durante o dia, se expor ao sol. Assim, é possível regular a produção de um hormônio chamado melatonina, importante tanto para o humor quanto para o sono.

PUBLICIDADE


Outra dica, principalmente para os que têm dificuldade de iniciar o sono, é ir se deitar somente quando estiver com sono. Atividades como comer, mexer no celular e assistir TV devem ser feitas na sala ou em outro espaço da casa que não o quarto de dormir. Se após meia hora o sono não vier, a pessoa deve sair do quarto.

Essa técnica ajuda o corpo e a mente a entenderem que o quarto é um ambiente somente para dormir, não para comer, ver TV, jogar no celular, ler, fazer palavras-cruzadas, etc.

Atividade física

Se a pessoa está tendo dificuldade para pegar no sono, ou acorda com frequência ao longo da noite, deve evitar realizar qualquer tipo de atividade física após as 18 horas. O melhor horário para se exercitar é no período da manhã.

Suplementação de melatonina

Outra dica é ingerir suplementos que ajudem na formação de melatonina, neurotransmissor responsável pelo sono profundo e que estimula a produção de hormônios como GH e testosterona.

A pessoa pode tomar suplementos de melatonina ou de magnésio, o maior precursor de melatonina no corpo humano e que pode ser encontrado em qualquer farmácia. Deve-se tomar uma dosagem entre 400 a 800mg desses suplementos.

A pessoa pode aumentar, durante a noite, o consumo de alimentos que auxiliam na produção de melatonina e que são fontes de magnésio, como aveia, banana, amêndoa e água de coco.

Artigo anteriorComo dormir bem
Próximo artigoInsônia
CRM: 70468. Residência médica em Otorrinolaringologia pelo Hospital Universitário Getúlio Vargas (2011-2014). Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Amazonas (2004-2010). Especialização em Fellowship em Cirurgia Otorrinolaringológica pelo Instituto Paranaense de Otorrinolaringologia (2014-2015). Médica Otorrinolaringologista do Hospital Adventista de Manaus (2015-atual). Médica Otorrinolaringologista da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (2016-atual). Médica Otorrinolaringologista do Hospital Universitário Getúlio Vargas (2016-atual). Médica da Estratégia de Saúde da Família da Prefeitura Municipal de Iranduba (2010-2011). Médica da Estratégia de Saúde da Família da Prefeitura Municipal de Itacoatiara (2010).