Dente amarelo

Dente amarelado

Cada vez mais pessoas procuram clínicas dentárias para fazer algum tipo de tratamento, seja correção de falhas ortodônticas sejam extrações ou restaurações. Ir ao dentista é fundamental para a saúde e integridade bucal, mas hoje se visa muito à estética, afinal o sorriso ainda é um excelente cartão de visitas.

PUBLICIDADE


Avaliação do dentista

O indivíduo deve passar pelo cirurgião-dentista para saber se ele lhe indica clareamento dental. Toda a parte bucal deve ser avaliada antes do procedimento, inclusive o estado da gengiva, dos dentes, das restaurações e a presença de cáries. Quando necessário, esse profissional fará uma profilaxia.

Tipos de clareamento dental

Há dois tipos de clareamento: o de moldeira e o feito no consultório. Pelo primeiro, o dentista molda os dentes do paciente que utilizará, em casa, uma substância chamada peróxido por determinado tempo, dependendo do agente clareador. Para obter melhor resultado, pode-se mesclar o tratamento em consultório com o caseiro.

No realizado em consultório, primeiramente se coloca no paciente um protetor gengival para impedir que o clareador entre em contato com a gengiva e a queime. Em seguida, aplica-se o peróxido dente a dente e deixa-se sobre eles cerca de quinze minutos, tempo em que a cor se altera. Para acelerar a reação, usa-se luz azul sobre essa substância.

Valor do clareamento

O preço do clareamento varia de R$ 600,00 a R$ 1.000,00.

PUBLICIDADE


Cuidados após a realização do clareamento

O clareamento é um procedimento superficial e pouco invasivo da estrutura dentária, por isso não causa patologias, contudo devem-se tomar alguns cuidados: evitar ingestão de alimentos com corantes que possam escurecer ou manchar os dentes, entre eles café, açaí e refrigerantes; e não fumar, além de fazer manutenção anual. Se o indivíduo tiver bons hábitos de higiene bucal, dificilmente os dentes mancharão.

Sensibilidade

Alguns pacientes receiam fazer clareamento em razão da sensibilidade e do medo de dor, mas são raros os casos em que aumenta a sensibilidade dental, por sua vez, facilmente curável com flúor, dessensibilizantes e mesmo analgésicos.

Duração do clareamento dental

O clareamento dental não é um tratamento longo, principalmente porque hoje há recursos que o aceleram, e, no máximo em um mês, chega-se à cor desejada.

Manutenção periódica do clareamento dental

O clareamento costuma enfraquecer naturalmente, a depender também da alimentação. Normalmente, indica-se retorno ao consultório em um ano ou um ano e meio após o procedimento para se considerar a necessidade de manutenção, que é mais rápida.

Clareamento dental na infância e adolescência

Em geral, não se recomenda clareamento na infância ou na pré-adolescência. Para tanto, o ideal é que já se tenha atingido a maturidade dentária, com o nascimento dos segundos molares, o que ocorre por volta dos dezesseis anos.