Como saber se tenho varizes

Diagnóstico de varizes

Na maioria das vezes, o próprio paciente observa as pernas em casa, vê vasinhos e veias elevadas.

PUBLICIDADE


No entanto, saber se as varizes são responsáveis pelo o que o paciente sente é uma tarefa mais difícil. No consultório, o diagnóstico inicia analisando as queixas do paciente e com o exame físico, em que é possível identificar as veias dilatadas e os vasinhos.

Fleboscópio de LED

O diagnóstico é facilitado pelo uso de alguns dispositivos. Um deles é o fleboscópio de LED, que, quando colocado sobre a pele, realça o contorno das veias, mostrando a dilatação e a tortuosidade que caracterizam as doentes.

Além de auxiliar no diagnóstico, ele melhora o resultado cirúrgico, facilitando a marcação pré-operatória.

Dispositivo de realidade aumentada

Outro aparelho útil é o que utiliza realidade aumentada, que identifica as veias e projeta-as no paciente. Isso ajuda muito na identificação de veias nutridoras de vasinhos, e serve para guiar tratamentos de escleroterapia e laser transdérmico.

PUBLICIDADE


Ultrassonografia com doppler

Além do exame físico e dos dispositivos citados, é necessário estudar a circulação sanguínea do paciente com o exame de ultrassonografia com doppler colorido, que mapeia a circulação superficial e profunda do paciente, identificando pontos de refluxo sanguíneo e fundamental no planejamento do tratamento, além de auxiliar na identificação de outros problemas, como flebites, tromboses, edemas e obstruções arteriais.

Embora a utilização mais comum do exame de doppler seja no diagnóstico de doenças circulatórias e no planejamento do tratamento das varizes, ele é essencial nos procedimentos ecoguiados de espuma e nos endolasers de safena.

Artigo anteriorComo evitar varizes
Próximo artigoComo surgem as varizes
CRM: 89006. Doutor na área de ciência em gastroenterologia pela Universidade de São Paulo (USP). Residência médica na Socidade Portuguesa de Beneficência de São José do Rio Preto (1997). Residência médica no Hospital e Maternidade Modelo Tamandaré (1999-2001). Titulo de especialista em Angiologia e Cirurgia vascular (2002). Título de especialista em Clínica Medica com capacitação em Medicina de Urgência pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica (2002). Graduação em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (1996). Assistente colaborador da Sociedade Portuguesa de Beneficência de São José do Rio Preto (1997-1997). Perito médico da Receita Federal do Brasil (2008-2009).