Como Diminuir as Entradas no Cabelo?

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Como diminuir o recesso temporal

À medida que se envelhece, é normal que a linha anterior do cabelo se mova para mais para cima da testa. Para os homens, isso normalmente começa a acontecer entre 17 e 29 anos. Uma vez que o cabelo alcança um estágio maduro, ele pode parar de afinar ou diminuir a velocidade disso, mas a miniaturização dele pode continuar gradualmente no que é conhecido como padrão de calvície.

hairloss-blocker-recupera-88-cabelo

Não há muito o que fazer para impedir que a recessão continue depois de iniciada. Para a maioria das pessoas, a perda de cabelo é causada por uma combinação de genética e envelhecimento. Mas existem alguns tratamentos alopáticos e caseiros que podem ajudar a conservar uma cabeleira saudável e cheia.

Remédios para Queda de Cabelo: Ranking do Consumidor

 PRODUTONOTA MÉDIAVOTOSREVIEW
#1HairLoss Blocker8,91/10581btn-saiba-mais
#2Minoxidil7,74/101023btn-saiba-mais
#3Finasterida7,25/101084btn-saiba-mais

Tratamentos para o recesso temporal

entradas-no-cabelo-como-diminuirManter uma dieta saudável

Ter uma dieta rica em antioxidantes – que combatem o estresse oxidativo, que por sua vez favorece o envelhecimento capilar – pode ajudar o cabelo a ficar mais saudável e com mais volume. Mirtilo, espinafre, feijão e nozes são alimentos ricos em antioxidantes naturais. Vitaminas como A, B12 e E, além de minerais como ferro e zinco, são parte essencial do crescimento saudável do cabelo.

A inserção no cardápio diário de verduras, nozes e sementes pode melhorar a aparência do cabelo.

PUBLICIDADE


Medicamentos

Minoxidil

Um dos medicamentos mais vendidos para retardar o recuo da linha anterior dos cabelos é o minoxidil, cuja eficácia da versão tópica foi comprovada superior à de placebo em estudos.

Finasterida

A Finasterida diminui os níveis hormonais que podem causar o recesso temporal. Quando tomada por via oral, ela promove o crescimento do cabelo e retarda a queda dele.

Remédios herbais

O hibisco chinês, o ginseng, o gotu kola, a groselheira e a aloe vera têm raízes na medicina holística tradicional como tratamentos para combater a perda capilar. Pode-se misturar várias dessas ervas em uma solução com óleo carreador e aplicar sobre o couro cabeludo.

Transplante de cabelo

No transplante capilar o médico retira cabelo da parte de trás ou lateral da cabeça e os transplanta para as áreas calvas, assim pode-se avançar a linha anterior do cabelo. Porém, esse procedimento pode causar complicações e não é coberto por planos de saúde, por isso  verifique com seu médico se você é um bom candidato para essa cirurgia.

Shampoo suave

Enquanto alguns shampoos contêm substâncias que retiram o sebo (óleo) do couro cabeludo e deixam os folículos mais fracos, outros podem estimular o crescimento do cabelo (o princípio ativo deles é o cetoconazol).

Terapia com laser de baixa potência

Essa terapia utiliza lasers para estimular o crescimento capilar, e pode ser eficaz para alguns tipos de queda de cabelo em homens e mulheres. Pesquisadores teorizam que o laser envia um sinal para as células para incitar a fase anágena (de crescimento) dos folículos pilosos.

Óleos essenciais

O óleo de alecrim, o de hortelã-pimenta e o de alfazema são promissores para tratar o recesso temporal. Óleos essenciais devem ser misturados com um óleo vegetal, como o de amêndoas, o de coco ou o de jojoba, antes de serem aplicados no couro cabeludo.

Massagem no couro cabeludo

De acordo com pesquisas, massagear o couro cabeludo regularmente pode ajudar a desenvolver cabelos mais grossos e saudáveis, e o aumento da circulação sanguínea nas entradas do couro cabeludo pode ser o motivo pelo qual isso funciona. Assim, recomenda-se massagear o couro cabeludo por pelo menos quatro minutos por dia.

Níveis mais baixos de DHT

Quando os níveis do hormônio di-hidrotestosterona (DHT) aumentam, o mesmo pode acontecer com a queda de cabelo, porém, pode-se diminuí-los incluindo na dieta alimentos ricos em lisina e zinco, como cajus, amêndoas e nozes.

Diminua o estresse e a ansiedade

O estresse tem sido associado a alguns tipos de perda de cabelo, e de acordo com pesquisas, ele pode ser diminuído com a prática regular de exercícios físicos e de técnicas de relaxamento e meditação.

O que contribui para o recesso temporal

  • utilizar penteados apertados
  • usar produtos químicos como água oxigenada para colorir cabelos
  • ter uma dieta rica em gordura saturada, alimentos processados, conservantes e açúcares
  • fumar cigarros

Qual médico procurar?

Se estiver perdendo cabelos de maneira excessiva, pode haver alguma enfermidade causando isso, por isso consulte um dermatologista. Dependendo da velocidade e da quantidade de cabelos que se perde, os tratamentos são diferentes para cada pessoa.

Artigo anteriorUsar Chapéu Causa Queda de Cabelo?
Próximo artigoVinagre de Maçã é Bom para o Cabelo?
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).