Como acabar com a retenção de líquidos

Como eliminar a retenção de líquidos

Problemas de saúde e medicamentos

Se a pessoa sofre de uma retenção de líquidos mais agressiva, ela precisa de um acompanhamento médico para verificar se ela não tem nenhum problema de saúde ou doença que acarretem em retenção hídrica, como problemas nos rins, no fígado, no coração ou no sistema linfático (o sistema de circulação) e, principalmente, o hipotireoidismo (que causa uma redução do metabolismo).

PUBLICIDADE


Caso a pessoa tome algum remédio, principalmente anticoncepcionais, ela precisa saber se esses remédios não estão causando essa retenção como efeito colateral.

A pessoa deve visitar um médico para avaliar esses problemas, fazer um checkup e ter certeza de que não tem nada mais grave, e que a retenção hídrica é só uma disfunção que pode ser tratada com exercícios, alimentação e suplementação.

Açúcar e farinhas brancas

A pessoa deve excluir da alimentação, totalmente ou pelo menos em grande parte, tudo que tiver açúcar e farinha branca. Essas duas substâncias acumulam muita água no corpo, pois elas fazem reserva de glicogênio. Quanto mais glicogênio (que é a “reserva de carboidrato” no músculo e no fígado) a pessoa tem no corpo, mais água ela tem. Se for proveniente de farinhas brancas e açúcares (presentes em todas as guloseimas), é ainda pior.

Deve-se tentar evitar tudo que for industrializado. Quando mais natural a alimentação, melhor.

PUBLICIDADE


Consumo de líquidos x consumo de sal

Deve-se aumentar o consumo de líquidos e diminuir o consumo de sal e sódio. Para eliminar a retenção de líquidos, é fundamental tomar mais líquidos.

Quando a pessoa toma pouco líquido, o corpo entende que está faltando água e começa a armazená-la nos tecidos. Quanto menos água a pessoa toma, mais toxinas ela acumula, o que causa inflamações e inchaço.

A pessoa não deve colocar sal na alimentação, utilizando outros tipos de tempero (não industrializados e sem sal), e deve começar a ler o rótulo de todos os alimentos que compra, para diminuir o sódio.

Com mais água e menos sódio na alimentação, a situação hídrica do corpo irá mudar. A pessoa começará a urinar muito mais, por exemplo, logo nos primeiros três dias após essa mudança, e isso é bom, pois estará eliminando água. Porém, a pessoa deve tomar muita água para que não fique desidratada. O corpo tem água funcional (que serve para o organismo de alguma forma) e água não-funcional (que fica retida embaixo da pele e só serve de “sobrevivência”, assim como a gordura).

Consumo de vegetais

Deve-se consumir mais vegetais (legumes e verduras). Para emagrecer e desinchar, as pessoas consomem muito suco detox, pois é rico em vegetais.

É necessário consumir mais saladas, shakes e sucos detox, verduras refogadas, legumes cozidos, etc., pelo menos três vezes ao dia. Além do benefício de serem produtos naturais, eles têm muito antioxidante, que ajudam a eliminar as coisas ruins do organismo, e ajudam na hidratação.

Pessoas que não conseguem tomar muito mais água podem completar a dieta com vegetais. Grande parte dos vegetais, como abobrinha, pepino e aspargo, ajudam na diurese, retirando a água do corpo.