Colágeno corta o efeito do anticoncepcional

Relação ente pílula anticoncepcional e perda de colágeno

O estrógeno protege a mulher até entrar na menopausa. Depois, ela sofre mais com a falta dele. Hoje, o contraceptivo hormonal oral tem levado as jovens a perder o colágeno estrutural mais cedo, portanto a envelhecer mais aceleradamente.

PUBLICIDADE


O ginecologista deve avaliar bem a paciente, verificar-lhe os exames, antes de indicar uma pílula. A dosagem natural dela pode levar à deficiência estrogênica, o que reduz a formação do colágeno.

Artigo anteriorColágeno: benefícios
Próximo artigoColágeno e musculação
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).