Clareamento dental em consultório

Repetição do clareamento

Se houver necessidade, pode-se repetir o clareamento de seis em seis meses, porém o intervalo ideal é de dois anos. Se a pessoa seguir as recomendações do dentista, os resultados tendem a manter-se por bastante tempo.

PUBLICIDADE


Importância do acompanhamento profissional

Não é aconselhável adquirir kits de clareamento em farmácias e realizar o procedimento sem acompanhamento de um dentista, porque há risco de alguma mancha não removida, por exemplo, tornar-se mais evidente por ter-se clareado a superfície dos demais dentes.

Apenas o profissional pode avaliar cada caso e recomendar o melhor tratamento e a concentração correta do produto para evitar sensibilidade dental e outros problemas maiores.

O termo “branqueamento” não existe

O clareamento dental não implica total branqueamento, mas clareamento da estrutura dos dentes.

Tipos de clareamento dental

Há dois tipos de clareamento: o de consultório e o caseiro.

PUBLICIDADE


Como funciona o clareamento de consultório

No realizado em consultório, aplica-se, sobre a superfície dos dentes, um gel, que, em concentrações diversas, penetra na matriz orgânica, quebra as moléculas de pigmentos em unidades menores e clareia os dentes.

Isso demanda, em média, três a quatro sessões, cada uma com duração de quarenta minutos a uma hora, em que se protegem os tecidos moles – gengiva, lábios, língua e bochechas – para pôr o gel. Alguns profissionais usam luz, embora esse não seja fator determinante no clareamento, apesar de existir o a laser. O agente clareador é o gel e a luz atua como auxiliar.

Aparelhos de emissão de luz e suas funções

Há, para clareamento, aparelhos que, aprovados pela ANVISA e pelo Inmetro, têm função anti-inflamatória e, assim, tratam a sensibilidade ao mesmo tempo que o gel clareia. Emitem uma luz vermelha que se põe em contato com a superfície dos dentes e isso melhora tanto o trans como o pós-operatório.

O LED, com função de polimerizar ou endurecer a resina durante uma restauração, não se deve utilizar para clareamento, porque sua luz azul aquece em demasia a polpa dos dentes e pode ocasionar dor no pós-operatório.

Vantagens do clareamento de consultório

Um dos grandes benefícios do clareamento feito em consultório é o acompanhamento de um profissional. A desvantagem tanto do caseiro como o do consultório é eventual aumento na sensibilidade dental, que, no entanto, pode-se reduzir.

Além disso, bebidas como vinhos, sucos de uva e refrigerantes escuros influenciam diretamente no resultado do clareamento.