Bloqueador de DHT Funciona?

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Bloqueadores de DHT realmente funcionam?

A di-hidrotestosterona (DHT), três a quatro vezes mais potente do que a testosterona, age diretamente no couro cabeludo e provoca queda capilar.

hairloss-blocker-recupera-88-cabelo

Funções atribuídas aos bloqueadores de DHT

Geralmente os bloqueadores de DHT vêm em cápsulas. Para tentar enganar o consumidor, muitos desses produtos alegam conter compostos que bloqueiam naturalmente a conversão da testosterona em DHT, além de vários não serem aprovados pelo FDA (Food and Drug Administration), se comercializados nos Estados Unidos, ou pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), se vendidos no Brasil.

Remédios para Queda de Cabelo: Ranking do Consumidor

 PRODUTONOTA MÉDIAVOTOSREVIEW
#1HairLoss Blocker8,91/10581btn-saiba-mais
#2Minoxidil7,74/101023btn-saiba-mais
#3Finasterida7,25/101084btn-saiba-mais

bloqueador-de-dht-realmente-funciona

Essas substâncias prometem bloquear o DHT em três etapas. Em uma, dizem ocupar o receptor do referido hormônio, impedindo que o DHT se conecte ao folículo, o que interrompe a queda capilar. Também afirmam inibir a transformação da testosterona em di-hidrotestosterona, além de regular a testosterona livre.

No entanto não há comprovação de que qualquer produto bloqueie o receptor da di-hidrotestosterona e, apesar de poder impossibilitar a conversão de testosterona em DHT (algo que faz a Finasterida), o bloqueio de testosterona livre é improvável, uma vez que a di-hidrotestosterona faz parte da fisiologia masculina e é imprescindível ao organismo.

PUBLICIDADE


Hipervitaminose e queda de cabelo

Os bloqueadores de DHT também informam ter altas dosagens de vitaminas, porém a hipervitaminose também pode provocar perda de cabelo, além do risco de sobrecarregar os sistemas hepático e renal.

Artigo anteriorMulher Também Pode Ficar Careca?
Próximo artigoFinasterida para Mulheres
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).