Alopecia: o que fazer?

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Uma das causas mais comuns de consulta ao dermatologista e que aflige grande parte de homens e mulheres é a queda de cabelo. Para entender melhor sobre ela, convém mencionar que o ciclo do cabelo é dividido em três fases, a de crescimento, a de repouso e a de queda.

hairloss-blocker-recupera-88-cabelo

Após nascer o cabelo cresce continuamente por um período de dois a sete anos, depois disso interrompe o crescimento, e após três ou quatro semanas se solta e cai, por isso algumas pessoas referem, por exemplo, que os cabelos nunca passam da altura dos ombros, isso pode acontecer se o tempo de vida dos fios for curto.

Remédios para Queda de Cabelo: Ranking do Consumidor

 PRODUTONOTA MÉDIAVOTOSREVIEW
#1HairLoss Blocker8,91/10581btn-saiba-mais
#2Minoxidil7,74/101023btn-saiba-mais
#3Finasterida7,25/101084btn-saiba-mais

Há cabelos se soltando e caindo diariamente, por isso não acredite em que afirma nunca perdê-los. O número de fios que cai por dia é extremamente variável, e tem relação direta com o total de cabelos da pessoa e a duração da fase de crescimento deles.

Causas da queda de cabelo

Uma queixa frequente é que os cabelos afinaram e o volume da cabeleira diminuiu. Uma das causas para isso é o uso constante de produtos químicos capilares para relaxamento e alisamento, que também podem facilitar a quebra dos fios – que muitas das vezes é confundida com a queda.

PUBLICIDADE


Com o envelhecimento há uma diminuição da densidade dos cabelos e da duração da fase de crescimento deles, o que leva a um aumento da queda deles.

Inúmeras são as causas de perda capilar, desde febre, infecções, cirurgias, dietas, medicamentos, doenças sexualmente transmissíveis, e até mesmo estresse.

Tratamento

Ao procurar um dermatologista, nunca deixe de relatar se tem tomado algum medicamento, seja por conta própria ou receitado por outros médicos, se tem feito procedimentos químicos capilares, e quando reparou no aumento da queda de cabelo. Depende dessas informações o raciocínio do especialista para determinar as causas da perda capilar, se necessário poderão ser solicitados exames para afastar algumas doenças que podem estar causando ou agravando a queda.

Muitos, por influência de amigos ou da mídia, tomam ou já tomaram medicações por conta própria contra a queda de cabelo, fazendo isso pode-se mascarar problemas mais sérios, por isso procure um dermatologista filiado à Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Artigo anteriorEflúvio telógeno: o que fazer?
Próximo artigoDúvidas sobre queda de cabelo
CRM: 91128. Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2009-2012). Mestrado em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal de São Paulo (2001-2006). Residência médica em Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1998-2001). Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1992-1997). Pós-Doutorado em pesquisa em dermatologia pela Emory University School of Medicine, Atlanta, GA, EUA. Professor-assistente de dermatologia na Universidade de Mogi das Cruzes (2005-2006). Médico-assistente do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006-2012). Médico chefe do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2012-2014). Coordenador do programa de residência médica em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2019-2012). Coordenador de todos os programas de aperfeiçoamento/especialização médicos da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011-2014).