Alho: Benefícios e Como Usá-lo

Atualizado em:

PUBLICIDADE


Alho: benefícios e como usá-lo

O alho (Allium sativum) é uma planta comum, utilizada milenarmente por muitas civilizações, tanto como condimento alimentar como medicamento para tratar vários problemas de saúde.

Os princípios ativos dele se degradam devagar, e têm mais chances de fazer efeito no organismo se em meio ácido. Por isso, recomenda-se fazer preparados de alho utilizando vinagre ou com frutas cítricas, como limão ou laranja, por exemplo, ao consumir alho pode-se tomar suco de limão ou laranja.

PUBLICIDADE
cursos sobre plantas medicinais cpt

Como consumir alho

O alho pode ser utilizado de várias maneiras, por exemplo, se cru pode ser colocado com azeite e deixado em conserva para ser consumido como tira-gosto.

Também se recomenda a utilização da água com alho. Pegue uma garrafa de 500ml, adicione água nela, corte três dentes de alho (no sentido do comprimento, ao meio ou em três), coloque dentro da garrafa, e tome-a ao longo do dia.

PUBLICIDADE


allium-sativum
Alho (Allium sativum).

Benefícios do alho

Ação no sistema digestivo

O alho resolve problemas digestivos, e é um excelente vermífugo e, em crianças ou em animais, expulsa vermes intestinais.

Proteção do fígado

O alho protege o fígado, e é indicado para quem toma medicamentos que agridem este importante órgão do corpo humano, que tem fragilidade dele ou alguma doença hepática.

Ação no sistema circulatório

No processo de cicatrização, as plaquetas, junto com a trombina e a fibrina, formam as “casquinhas”. A agregação plaquetária coagula o sangue, e em quem tem trombose, ela deixa o sangue muito denso.

O alho reduz a agregação plaquetária e evita problemas como trombose, arteriosclerose e hipertensão arterial.

Além disso, ele fortalece o coração, e pode ser eficiente para quem tem palpitação, fraqueza cardíaca ou toma remédios para o coração.

Controle das taxas de colesterol, de triglicérides e de açúcar no sangue

O alho reduz significativamente as taxas de colesterol, de triglicérides e de açúcar no sangue. Se utilizado por 60 dias, ele abaixa em até 15% o porcentual de triglicérides.

É possível fazer tintura com alho, extrato de alho na água, utilizar o pó de alho ou cápsulas de alho (encontradas em farmácias de manipulação).

Ação antitumoral

O alho reduz o desenvolvimento de células tumorais, principalmente de câncer no cólon, e pode ser importante como auxiliar de terapias como a quimioterapia e a radioterapia.

Ação analgésica

O alho é eficiente como analgésico para tratar dores de cabeça pontuais (ocasionadas por conta de estresse, consumo de determinados alimentos ou falta de uso de óculos).

Estimulante do sistema imunológico

O alho eleva a atividade do sistema imunológico, e é indicado para quem faz quimioterapia (que causa uma queda bruta no sistema imunológico) ou quem está sob ataque viral (por exemplo, portadores de HIV) ou bacteriano.

Ação antibiótica

O alho é antifúngico, antibacteriano e combate o vírus do herpes tipo 1, e pode ser utilizado, por exemplo, para tratar pé de atleta (Tinea pedis) ou paroníquia (popularmente chamada de unheiro).

Ação anti-inflamatória

O alho exerce ação anti-inflamatória, principalmente para o sistema digestivo e o respiratório, e pode ser utilizado para tratar bronquite, amidalite, faringite, laringite, estomatite e hepatite.

PUBLICIDADE